quinta-feira, 17 de abril de 2008

"I Come With The Rain": Promo Reel de 5 minutos

Quando o realizador vietnamita Tran Anh Hung, representante de um certo cinema de autor asiático com filmes para festivais como "The Scent of Green Papaya", "Cyclo" ou "At the Height of Summer", decide atacar frontalmente o cinema de género, o resultado é "I Come With The Rain" cujo promo reel de 5 minutos que destacamos agora é simplesmente soberbo e hipnótico. Rodado em língua inglesa e contando com um elenco internacional supreendente (Josh Hartnett, Lee Byung-Hun, Elias Koteas e Shawn Yue), "I Come With The Rain" acaba de se transformar num dos nossos filmes mais esperados de 2008 e, infelizmente, não vai ser fácil conseguir ver este filme!

1 comentário:

Zatoichi disse...

Orá aqui está uma promo-reel surpreendente e completamente perturbadora, que não estava nada à espera.


Apesar de que já tinha lido algumas coisas sobre este "I Come With The Rain", nunca tinha prestado grande atenção, principalmente porque o actor principal do filme é o fraquissimo Josh Hartnett, e porque tinha lido que o filme ia ser uma espécie de filme policial/serial-killer, género visto e revisto, e sejamos sinceros, tendo, mais uma vez, o Josh Hartnett como actor principal não deixava adivinhar que este filme primasse pela originalidade, visceralidade e por um sentido de atmosfera perturbadora e tensa.


Adorei a personagem de Elias Koteas, manipulador e completamente perturbador (promete ser o melhor serial-killer desde John Doe, da obra-prima "Se7en"), o filme parece ter uma realização câmara ao ombra nervosa, tensa mas com um sentido de espaço fantástico, a fotografia naturalista ajuda ainda mais à imersão do espectador neste mundo real, mas distorcido e por vezes surreal, e uma narrativa tripartida que por sua vez irás desbocar num filme cheio de linhas de leitura, uma verdadeira análise ao lado negro do ser humano, a violência inerente ao nosso ser e a um mundo cada vez mais descaracterizado e consequentemente mais impregnado da violência e o doentio do ser humano.



A única coisa que me preocupa neste filme é que o realizador não consiga ligar as três narrativas principais do filme de forma convincente, principalmente a ligação entre a personagem de Elias Koteas e a de Josh Hartnett, e a intimidade entre as duas (pelo trailer às vezes parece que Hasford é a faceta negra e psicopata de Hartnett, ou seja presença psicológica, outras parece que é uma presença fisica), mas tenho confiança que Ahn Hung Tran consiga ligar as narrativas da melhor forma, fazendo assim deste um dos meus filmes mais esperados deste ano.


Mas, sem dúvida que a melhor palavra para classificar este trailer é a palavra que o Mr.Hand utilizou brilhantemente, que é "hipnótico".



Abraços, Zatoichi



P.S--> Não posso esconder o meu contentamente por ver o grande Lee Byung-Hun a fazer a sua estreia na lingua inglesa!!!!