domingo, 4 de setembro de 2011

"Carnage": trailer

Também apresentado pela primeira vez no actual Festival de Veneza, "Carnage" é o novo e aguardado filme de Roman Polanski depois da vitalidade reencontrado do seu cinema com "The Ghost Writer".
Adaptado da peça de teatro "Le Dieu du Carnage" de Yasmina Reza, o filme relata a reunião de dois casais para conversar sobre o confronto fisico dos seus filhos respectivos, sendo que o que se anunciava como um encontro civilizado vai depressa transformar-se em verdadeira guerra verbal e psicológica.
Os primeiros ecos do Festival de Veneza são positivos mas sem ser particularmente entusiastas, enaltecendo um quarteto de actores (Jodie Foster, Kate Winslet, John C. Reilly, Christopher Waltz) inspirados e brilhantes mas uma realização demasiada minimalista e teatral, o que parece confirmar o trailer do filme que anda por aí. A comprovar dia 29 de Dezembro, data prevista para a estreia deste "Carnage" nas salas portuguesas.

(clicar no poster para aceder ao trailer)

2 comentários:

filipafalmeida disse...

O Portal Cinema (o qual fez um resumo da primeira semana do Festival de Veneza) afirmou que o filme não agradou à crítica, que considerou o filme fraco em relação aos últimos trabalhos de Polansky. Este realizador é grande, mas parece que o filme desapontou... :(

Mr. Hand disse...

Roman Polanski é sem dúvida um grande nome da realização mas é sobretudo por causa dos seus primeiros filmes.

De facto, os seus filmes dos anos 60 e 70 são verdadeiramente brilhantes. "Knife in the Water", "Repulsion", "Cul-de-Sac", "The Fearless Vampire Killers", "Rosemary's Baby", "Chinatown", "The Tenant", uma filmografia verdadeiramente impressionante, como há poucas.

Depois as coisas estragaram-se bastante e os seus filmes perderam impacto e interesse. Tirando "Death and the Maiden" e "The Ghost Writer", a sua filmografia passa do banal ao chato. Até "The Pianist" não é realmente nada de especial.

Penso que a expectativa para este "Carnage" era elevada porque Polanski surpreendeu toda a gente com a qualidade do seu "The Ghost Writer", já ninguém esperava grande coisa deste cineasta.

Pelo que li, a realização do "Carnage" é fraca para não dizer inexistente mas penso que podemos pelo menos esperar uma história interessante e sobretudo performances de alto nível dos quatro actores do filme.

A ver vamos...