segunda-feira, 2 de junho de 2008

"Giù la Testa": Once Upon a Time... La Revolución

Se calhar um dos westerns mais desconhecidos do mestre Sergio Leone, injustamente na sombra de "Il Buono, Il Brutto, Il Cattivo" e "C'era una Volta il West".
Este fim de semana, tive o prazer de rever este autêntico clássico do western italiano e do western tout court, modelo definitivo do chamado western zapata, na sua versão integral, 2h30 de pura magia cinematográfica. Um filme do qual não se fala o suficiente, se calhar o mais pessoal do seu incontornável autor, onde explode, no seu máximo esplendor, o fatalismo e a lucidez do grande Sergio Leone. A redescobrir urgentemente!

2 comentários:

Carlos disse...

Eu também vi! E também gostei muito. Um bela reflexão sobre os ideais, utopias e desilusões revolucionárias...

Mr. Hand disse...

De facto, o acordar dos revolucionários é amargoso depois desta bomba de ironia e lucidez.
Cá está um excelente exemplo, para os seus detractores primários, do quanto inteligente pode ser o cinema de género. 'nuff said!